HISTÓRIA

A ASSOPS-Associação de Passos de Silgueiros nasceu em 1987 por transformação em associação particular de solidariedade social de uma outra associação criada em 1978, o Rancho Folclórico de Passos de Silgueiros.

Reunidos esforços, património e entusiasmos obtivemos uma instituição vocacionada para duas vertentes: a social e a cultural.

Na primeira desenvolve a sua ação com o maior profissionalismo e bons resultados através das respostas:

Estrutura Residencial para Pessoas Idosas;
Centro de Dia;
Centro de Apoio Domiciliário;
Centro de Atividades de Tempos Livres.

O setor cultural, em primeiro lugar ao serviço do setor social, desenvolve a sua ação com base no voluntariado através de:

Um museu etnográfico – O Museu de Silgueiros;
Uma biblioteca especializada em etnografia e história local;
Um grupo etnográfico denominado Rancho Folclórico de Passos de Silgueiros;
Um grupo de cantares denominado Tuna Nova;
Um grupo de zés-pereiras, denominado “Os Águias”.

Os dois setores vivem em perfeita harmonia, tendo construído um património notável – tangível e intangível – com a ação do segundo na dinamização para a cooperação de inúmeros e dedicados voluntários.

Close Menu